terça-feira, 5 de maio de 2009

video

Toda música tem uma história e toda história tem um motivo. Todo motivo é um “alguém” e esse “alguém” nem sempre é real.
Não há como amar sozinho. Não há como viver um sonho na solidão e não há como fazer música se não for para a pessoa que roubou seu coração.
Minha verdade é uma só e não precisa ser dita. Precisa ser tocada, cantada, solada, gritada. Como todos os outros sentimentos que trovejam dentro de mim.
Um fato é ligado ao outro, ainda que sejam diferentes. Os ventos mudam de direção em todo lugar, mas nunca deixam de soprar...









bisous