domingo, 20 de junho de 2010

- infinita highway


Preciso te ver. Chegou a hora de dar um chute no orgulho e dizer que eu tô com saudade. E, caso você não saiba, informo-lhe: saudade dói.

Hoje eu lembrei de você por que aquela música estava tocando enquanto as folhas se desprendiam dos galhos e ameaçavam cair no meu copo de coca-cola. Eu lembrei de você por que achei que ia te ver, mesmo sabendo que não ia.

É engraçado, não é? Toda vez eu sinto como se fosse te encontrar. Deve ser por que, de alguma forma, você está comigo de qualquer jeito. No clichê e no não-clichê. Nos pensamentos e no coração. Você está comigo na cor da minha roupa, que é sua preferida. No cheiro do dia, que lembra algo que já aconteceu. Está comigo por que eu te guardei em mim e te trouxe aqui comigo. E te levarei pra onde for.


O problema é que hoje preciso de algo maior do que a sua lembrança. Preciso de você. Te quero. Te quero ver. Te quero ter. Agora.

O que você está esperando? Não fique me lendo com essa cara de quem não fez nada. Você tem culpa de tudo. Cada sílaba vinda de mim é sua culpa. Cada batida do meu coração é culpa sua.

Eu não te mandei ir embora, mas você foi mesmo assim e não mandou mais notícias. E eu também não procurei saber. Nos desencontramos. Você é meu desencontro.

E eu preciso te ver. Não importa como, nem onde, afinal. Fico feliz com um encontro casual...






Estamos sós e nenhum de nós sabe exatamente onde vai parar. Mas não precisamos saber pra onde vamos, nós só precisamos ir.. ♫

http://www.youtube.com/watch?v=0i2fCwBNqo0

Um comentário:

Domingos disse...

A nova foto do blogficou bem legal!
Por que não postou mais nada no youtube? Está gripada?
Beijo.