quinta-feira, 27 de março de 2008


Já postei essa foto aqui?
Caramba, não consigo lembrar...e se postei, vai de novo, haha...
As fotos do book ainda tão naturais, sem photoshop nem nada...preciso levar lá no fotógrafo..desde que tirei não revelei, nem nada, haha, whatever :P

Nossa, tava lembrando aqui não sei porque dos livros do Diário da Princesa...quero que lance o 9º livro logo, é meu romance preferido..haha, aliás, acho que é meu filme favorito.
Sei lá, mas a Mia Thermopolis é a Eloá escrita. Pra falar a verdade eu sou uma mistura de Mia com Lilly Moscovitz. HAHAHA...tipo assim, a Mia é uma princesa, e eu não tenho nada de princesa, mas ela é extremamente romântica..e quando ela se apaixona, ela entra num desespero que puta merda! Sabe quando a pessoa começa a exagerar em tudo? Então. :P
E a Mia reclama de tudo, como eu...mas no fundo ela só gosta de fazer drama (mas odeia quando a chamam de rainha do drama)...ela ama a vida dela e o gato, Fat Louie..eu não gosto de gatos, mas amo minha cachorra, a Prenda...e quero muito uma Golden Retrivier. Ela namora o Michael, mas no último livro termina com ele porque ele dá uma de imbecil. Meu, ela faz de tudo pra não brigar com ele, tudo mesmo(é, por incrível que pareça eu sou assim, haha)...e eles nunca brigam, eles são tipo o casal perfeito. Até o Michael ferrar com tudo ¬¬
Agora da Lilly...haha, ela é extremamente irritada, consegue irritar quem tá do lado dela com a própria irritação (eu sei que faço isso!) e as vezes pra "descontar" sua raiva, começa a implicar com alguém, só pra deixar essa pessoa irritada...e quando percebe que tá conseguindo se diverte muito...mas quando não consegue, se irrita mais ainda e consegue ficar ainda mais chata (haha. EU!)...
Enfim, eu me identifico muito com esse livro, então não vejo a hora que saia o 9º !
Amo muito :)

Agora, sobre o dia de hoje...
A escola até que foi legal, mas foi muito cansativo. Sabe quando a hora resolve congelar? Então, bem isso (Y)
Mas as aulas de português foram legais...escrevi 2 poemas, um deles ficou enorme inclusive...é o que eu vou postar aqui já já...e uma redação. A Jeanine leu e disse que eu tenho talento e que tenho necessidade poética de escrever. Nossa, eu amei ouvir isso, juro :)
As pessoas dizem que não tem como eu escrever esses poemas e não sentir o que estou dizendo neles...eu nunca disse que sinto...mas também não disse que não sinto ;)
Agora, o poema de hoje. O nome dele é Meio da noite. Talvez seja o maior poema que eu já fiz...

"O relógio apita, acabou o dia
Relembrando, sorrindo sozinha, apenas sonhando
Se eu chorasse, o que você faria?
Continuaria me amando?

No meio da noite, afogada em solidão
Choro sozinha, num silêncio ensurdecedor
Se eu ameaçasse ir embora, você seguraria minha mão?
Prometeria acabar com toda essa dor?

Você pergunta, eu digo que não
Tento me enganar
Mas eu sei, você sabe, que está no meu coração
De que adianta negar?

Pode ser uma mentira, mera ilusão
Nunca disse que te amo, mas também nunca disse que não
Você mentiria?
Teria coragem de partir desse jeito meu pobre coração?

Toda noite, num delírio acordada
Lágrimas escorrem, não posso controlar
Sem você, grito desesperada
Qual é o maior problemaem te amar?

Silêncio, o relógio está apitando
Vou dormir esgotada
Amanhã é um novo dia, tenho que estar preparada
Mas acordo sem forças, pois continuo por toda a eternidade te amando... "



Bom, é isso...
Mais tarde eu posto de novo :)


bisous



" Se lembre de mim, e eu viverei para sempre. "

Um comentário:

Bruno Urbanski disse...

haha.. passa um pouco desse mel aí.. é muito talento pra uma pessoa só ;P